Quinta-feira, 28 de Outubro de 2021, 11:48h

DIGA NÃO AO TRABALHO INFANTIL. Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

Publicado em: Sábado, 12 de Junho de 2021, 16:49h - Por: Ascom CREFITO-14

Anualmente, é celebrado em 12 de junho, o Dia Mundial contra o Trabalho Infantil. Data de conscientização para sensibilizar, informar, debater e dar destaque ao combate a essa violação de direitos de crianças e adolescentes. O dia foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002. Desde então, a OIT convoca a sociedade, os trabalhadores, os empregadores e os governos do mundo todo a se mobilizarem contra o trabalho infantil.

No Brasil, o 12 de junho foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, pela Lei Nº 11.542/2007. As mobilizações e campanhas anuais são coordenadas pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI). O símbolo da campanha e da luta contra o trabalho infantil no Brasil e no mundo é o cata-vento de cinco pontas coloridas. Ele tem um sentido lúdico e expressa a alegria que deve estar presente na vida das crianças e adolescentes. O ícone representa ainda movimento, sinergia e a realização de ações permanentes e articuladas para a prevenção e a erradicação do trabalho infantil. 
 
Neste ano de 2021,  a Campanha 12 de Junho integra as mobilizações do Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil, instituído pela ONU, e conclama a sociedade para a urgência de medidas efetivas e imediatas de prevenção e combate ao trabalho infantil através do slogan “Precisamos agir agora para acabar com o trabalho infantil!”. Devido a pandemia do Coronavírus/COVID-19, há risco real de crescimento do trabalho infantil motivado pelos impactos socioeconômicos, que se prolonga há mais de um ano, e pela falta de políticas públicas de proteção às crianças, adolescentes e suas famílias em situação de vulnerabilidade. 
 
Para a proteção e garantia dos direitos de crianças e adolescentes, especialmente para a eliminação do trabalho infantil. Entretanto, os impactos socioeconômicos da pandemia, como o desemprego da população economicamente ativa, o aumento da pobreza e da extrema pobreza, revelam e aprofundam as desigualdades sociais existentes e potencializam as vulnerabilidades de milhões de famílias brasileiras. É compromisso de todos que defendem e promovem o direito a uma infância sem trabalho e a uma adolescência com trabalho protegido.


Fonte: #trabalhoinfantil #crianca #trabalho #crefito14