Terça-feira, 22 de Junho de 2021, 23:23h

Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna

Publicado em: Sexta-feira, 28 de Maio de 2021, 10:10h - Por: Ascom CREFITO-14

Anualmente, comemora-se em 28 de maio, o  Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna. Data instituída em 1984, durante o IV Encontro Internacional Mulher e Saúde, na Holanda, durante o Tribunal Internacional de Denúncia e Violação dos Direitos Reprodutivos, ocasião em que a morte materna apareceu com toda a sua magnitude.

A partir desta data, o tema do dia ganhou mais interesse. Com o propósito visar a  prevenção de mortes maternas evitáveis. A mortalidade materna é um importante indicador da qualidade de saúde ofertada para as pessoas e é fortemente influenciada pelas condições socioeconômicas da população. O atraso no reconhecimento de condições modificáveis, na chegada ao serviço de saúde e no tratamento adequado, está entre as principais causas das altas taxas de mortalidade materna ainda presentes na maior parte dos estados brasileiros. 

O principal objetivo da atenção pré-natal e puerperal é garantir o bem-estar materno e fetal. Para isso, as equipes de saúde da Atenção Primária devem acolher a mulher desde o início da gravidez (o mais precocemente possível, no início ou até antes da gestação); reconhecer, acompanhar e tratar as principais causas de morbimortalidade materna e fetal; e estar disponíveis quando ocorrerem intercorrências durante a gestação e puerpério. O Brasil reviu as metas de redução da mortalidade materna e mortalidade neonatal e na infância, estabelecidas no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), relativo à saúde e bem-estar, para adequá-las à realidade nacional. 


Fonte: #crefito14 #DiaNacionaldeLutapelaReduçãodaMortalidadeMaterna #MortalidadeMaterna