Sexta-feira, 23 de Abril de 2021, 13:43h

A inclusão é uma forma de respeitar, Dia Nacional do Sistema Braille

Publicado em: Quinta-feira, 08 de Abril de 2021, 10:01h - Por: Ascom CREFITO-14

O Sistema Braille, é o método de leitura e escrita usado, atualmente, por milhões de pessoas cegas e com deficiência visual em todo o mundo, foi criado pelo francês Louis Braille que teve sua versão mais conhecida em 1837. Chegou ao Brasil, por meio de José Álvares de Azevedo, o primeiro professor cego do Brasil, que trouxe da França, ensinou e divulgou o sistema de leitura e escrita usado. Em comemoração ao seu nascimento foi instituído, em 8 de abril, o Dia Nacional do Sistema Braille, o método Braille, considerado obra magistral pelo francês Louis Braille.

O Braille é um sistema de pontos em relevo, que já tem 184 anos, abrindo portas do conhecimento e da cultura para as pessoas com deficiência visual. Sistema importantíssimo para a alfabetização de pessoas cegas e abre as portas para a comunicação escrita, a educação, o trabalho, a vida social e a cultura. A data propõe uma reflexão sobre os desafios enfrentados pelas pessoas cegas e a importância de continuar a produzir obras em relevo, para proporcionar-lhes iguais oportunidades de ler e aprender. 

O impacto da escrita e leitura para as pessoas cegas em todo o mundo alcança a maioria dos idiomas, as ciências exatas e naturais, a música, a informática acompanha a história das sociedades e seu desenvolvimento global e dinâmico. Trata-se de um sistema de extraordinária universalidade, através do qual o cego pode ler e exprimir-se em todas as línguas que usam o alfabeto ocidental, da forma mais simples e prática - com o uso da reglete e do punção, equivalentes ao lápis e papel utilizados pelos videntes - até por meio dos suportes tecnológicos hoje existentes e que graças ao desenvolvimento da informática tem tornado a comunicação cada vez mais inclusiva para as pessoas com deficiência visual.

#crefito14 #dianacionaldosistemabraille #deficienciavisual #portadordedeficienciavisual #desenvolvimento 


Fonte: Inclusão, Desenvolvimento, Crefito14.