Sábado, 25 de Setembro de 2021, 14:35h

CREFITO-14 orienta, sobre os parâmetros assistenciais da Terapia Ocupacional

Publicado em: Terça-feira, 24 de Agosto de 2021, 09:00h - Por: Ascom CREFITO-14

A Assistência do Terapeuta Ocupacional em contextos Hospitalares em enfermarias, realiza o procedimento de avaliação, intervenção e orientação, realizado em regime ambulatorial (hospitalar) ou internação, com o cliente/paciente internado e/ou familiar e cuidador, em pronto atendimento, enfermaria, berçário, CTI, UTI (neonatal, pediátrica e de adulto), dentre outras, para intervenção mais precoce possível, a fim de prevenir deformidades, disfunções e agravos físicos e/ou psicossociais e afetivos, promovendo o desempenho ocupacional e qualidade de vida a todos os clientes/pacientes/usuários, incluindo os que estão “fora de possibilidades curativas”, ou atuando em Cuidados Paliativos.

Durante o processo de avaliação é possível identificar as habilidades e limitações do paciente/cliente para a realização das Atividades da Vida Diária. Com objetivo de uma melhor qualidade na assistência, resolutividade e a segurança ao paciente, durante a prestação de serviço, assim, evitando sobrecarga na jornada de trabalho, o CREFITO-14 busca destacar o quanto é fundamental que o profissional esteja atento aos parâmetros assistenciais terapêuticos ocupacional. Para que este tratamento seja realizado de forma assertiva é necessário que o profissional conheça as normativas que regulamentam carga horária e limite de atendimentos. Na Assistência Terapêutica Ocupacional em contextos hospitalares, de média ou alta complexidade, em internação, leito-dia e ambulatório hospitalar.


Fonte: #terapeutaocupacional #parametrosassistenciais #assistencia #saude #hospitalar